jusbrasil.com.br
16 de Maio de 2021

URGENTE !! Novas Regras no Seguro-Desemprego e Auxílio-Acidente - Programa Verde e Amarelo - MP 905 2019

Bruno Delomodarme, Advogado
Publicado por Bruno Delomodarme
há 2 anos

O atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou no dia 11 de novembro de 2019, uma Medida Provisória (MP) que cria o Programa Emprego Verde e Amarelo.

Esta modalidade é responsável por reduzir a tributação sobre empresas que contratarem jovens de 18 a 29 anos em primeiro emprego.

A intenção da MP é facilitar a entrada de jovens no mercado de trabalho que não possuem experiência anterior em suas carteiras de trabalho. Caso em que este é quase sempre um requisito na contratação de empregos.

A Reforma da Previdência acaba de ser aprovada, e a Medida Provisória modificou ainda mais alguns pontos referente ao Auxílio-Acidente e Seguro Desemprego. Vejamos:

Seguro Desemprego:

A pessoa que usufruir deste benefício passa a ser segurado obrigatório da Previdência Social. Sendo segurado obrigatório, a mensalidade do benefício passará a ter desconto previdenciário, nas alíquotas de 7,5% a 11%.

Em decorrência disso, o beneficiário continuará a ter qualidade de segurado e as mensalidades poderão ser contabilizadas como tempo de contribuição para fins de aposentadoria.

Também, o período de graça tem seu termo inicial após o fim do seguro desemprego.

Auxílio-Acidente:

Quanto as mudanças no auxílio-acidente, está a forma de cálculo do benefício.

Agora, seu valor será a metade do valor da aposentadoria por invalidez.

Lembramos que o benefício de aposentadoria por invalidez tem sua base de cálculo em 60% da média do total de suas contribuições + 2% para cada ano que exceder o mínimo de 20 anos de contribuição.

Por exemplo: Se o segurado fosse usufruir de aposentadoria por invalidez comum, feita a média de suas contribuições, chegaria-se ao valor de R$ 1.800,00 (mil e oitocentos reais)

Para fins de cálculo de auxílio-acidente, o valor será o metade da invalidez, ou seja, R$ 900,00 (novecentos reais)

Caso o benefício seja em decorrência de acidente de trabalho, o cenário muda.

O valor do benefício de aposentadoria por invalidez é de 100% da média do total de suas contribuições.

Suponhamos que nessa modalidade, feita a média, o segurado auferiria R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais).

Para fins de auxílio-acidente, aplicamos a metade desse valor, ou seja R$ 1.250,00 (mil duzento e cinquenta reais)

Ficar atento a essas novas regras é importante para não ser pego de surpresa na hora de usufruir de seu benefício previdenciário


Artigo escrito por Bruno Delomodarme e retirado do site Borges & Delomodarme Advocacia


Siga-nos!

► SITE: http://bit.ly/32O7gnQ

► YOUTUBE: http://bit.ly/34DCvCv

►FACEBOOK: http://bit.ly/2NiHHVy

►INSTAGRAM: http://bit.ly/2q0Mbb6

► E-MAIL: contato@bdadvocacia.com.br

8 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Uma reforma totalmente maléfica, com um grau de frieza e perversidade praticada contra um povo que em sua maioria é extremamente leigo nos seus direitos. Veja o tamanho do estrago no caso do aux acidente, antigamente se recebia 50% do benefício cheio, exemplo:- uma pessoa que estava afastada com um benefício de r$ 2.000,00 e, recebesse alta, é tivesse direito dos 50%, receberia r$ 1.000,00. Agora com a maldição da reforma, eles arrebentam com essa matemática e joga o valor no lixo, indicando que agora vc receberá 50% do valor de invalidez, lembrando que a porcentagem da invalidez é 60% , numa linguagem bem superficial os tais r$ 2.000 como exemplo, se for para uma invalidez 60% de 2.000= 1.200 e 50% de 1200 é 600, nesta maldita reforma vc perde quase que a metade e a ideia é cobrar do que sobra o inss. O que vcs acharam desta intenção! Acorda Brasil. continuar lendo

Mas como vc mesmo mostra o escalonamento, só tem um detalhe, isso não engloba todos, até porque, doença ou acidente não dá para se programar. Acorda Brasil continuar lendo

Matéria bem resumida e de excelente compreensão. Parabéns continuar lendo

Obrigado Francisco! continuar lendo

Temos que manter isso. Com o supremo e tudo....disse alguém no escurinho do cinema.... continuar lendo

E isso. Vão pra rua apoiar o governo. No próximo ano há eleição. Ai vai saber o povo brasileiro aprendeu. continuar lendo

Uma dúvida, o aux acidente pode ser inferior ao salário mínimo? continuar lendo